fbpx
consumidor 4.0

Consumidor 4.0: sua empresa já está preparada para atendê-lo?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Giuliane Godoi
Giuliane Godoi

Consumidor 4.0: sua empresa já está preparada para atendê-lo?

Um dos principais pontos para se obter sucesso em seus negócios é justamente conhecer a fundo algumas características do seu público-alvo.

Existem algumas empresas que já estão há muito tempo no mercado e por isso já conhecem o perfil de seu cliente. Entretanto, é notório que nos últimos tempos houve uma migração importante de suas características acompanhando a evolução da tecnologia.

O consumidor 4.0 é a representação ideal do que estamos falando, ele é arrojado, moderno e sofisticado. Mas, será que a sua empresa já está realmente preparada para atendê-lo?

Os estágios de evolução do consumidor

O marketing é uma ferramenta de orientação muito importante para ajudar a empresa a se posicionar e se consolidar no mercado.

Algumas estratégias dessa ferramenta visam principalmente a criação de formas eficientes de atrair o interesse do público fazendo com ele passe a enxergar o seu negócio com outros olhos.

Com o passar do tempo, o marketing assim como as suas estratégias de ação, precisaram se moldar a fim de conseguir acompanhar as evoluções da nossa sociedade.

Para entender mais como isso funciona, é necessário fazer um estudo mais aprofundado das mudanças no comportamento, hábitos e também das demandas que a nossa sociedade foi sofrendo ao longo do tempo.

A fim de facilitar um pouco o nosso entendimento, a evolução do consumidor e por consequência do próprio marketing foi classificada em estágios. Você poderá conferir as características de cada uma a seguir.

Consumidor 1.0

Nesse primeiro estágio, o consumidor possuía apenas uma preocupação: Qual problema do meu dia a dia esse produto é capaz de resolver?

Sendo assim, a marca a qual aquele produto pertencia pouco importava, desde que no fim das contas ele fosse útil para o fim ao qual era destinado.

Tal característica se dava principalmente pelo fato de que nessa época, todas as coisas, assim como as próprias pessoas possuíam um sistema ou estilo de vida extremamente simplificado.

Portanto, o tipo de público ao qual se desejava atingir era muito mais generalizado, e a principal preocupação das empresas era somente se relacionar com o seu cliente no estágio final do processo, que era a compra.

Consumidor 2.0

Depois de pouco tempo começou algumas mudanças importantes, fazendo com que a quantidade de empresas que ofereciam um mesmo produto aumentasse.

Tal fato, fez com que a famosa concorrência ficasse cada vez mais acirradas, uma vez que agora os clientes poderiam ter a opção de escolha. Sendo assim, a pergunta “qual produto escolher” começou a ficar cada vez mais frequente entre os consumidores.

A partir disso começou a se notar o aparecimento de uma maior exigência do cliente em relação a um produto. A partir de agora não era necessário apenas ter uma finalidade, aquele produto deveria oferecer maior qualidade e benefícios para que ao final fosse o grande escolhido.

Sendo assim, o Marketing também precisou evoluir e então, trabalhar em cima daquela marca para mostrar ao consumidor o porquê do produto oferecido era melhor que o do concorrente.

Com essa mudança, uma comunicação mais próxima com o cliente se tornou extremamente necessária. Agora falar que aquele item era capaz de solucionar o seu problema não era o suficiente, era preciso mostrar como isso era feito.

Consumidor 3.0

Com o aumento das exigências por parte do consumidor final veio a chegada do consumidor 3.0. Dessa forma, a realização de uma segmentação de acordo com as demandas e o perfil daquele cliente, por mais simples que fosse, se tornou algo extremamente necessário.

A partir desse ponto, houve a necessidade de fazer com que o cliente se identificasse com as características daquela marca e não apenas adquirisse o produto por necessidade. Sendo assim, a marca precisou criar uma identidade e uma personalidade de acordo com o segmento que desejaria atingir.

Ou seja, transmitir para o consumidor a sensação de pertencimento, assim como a valorização do mesmo por parte daquela marca se tornou algo essencial para que a empresa alcançasse seu posicionamento no mercado.

Consumidor 4.0

Por fim, temos o consumidor 4.0 que nada mais é do uma evolução das características que apresentamos anteriormente. Porém com um diferencial que é a tecnologia.

É fato que a era digital veio com tudo e mudou de forma drástica a maneira como vivemos e a visão que temos do mundo. Praticamente todas as atividades que desenvolvemos no dia de hoje estão de alguma forma envolvidas com o uso de algum tipo de tecnologia.

Portanto, para conseguir atrair a atenção do cliente não basta fazer com que ele se identifique com a marca, é preciso estar onde ele está diariamente. E qual é o melhor lugar para se estar nesse sentido se não as redes sociais, não é mesmo?

Com isso, se atualizar de acordo com as mídias sociais, oferecendo meios de contato rápidos, seguros e eficientes dentro da internet é um passo obrigatório para se obter sucesso nos dias de hoje.

Como adequar sua empresa para o consumidor 4.0

Embora estejamos mais habituados a esse cenário do que nunca, algumas empresas ainda possuem dificuldades na hora de conseguir atingir o consumidor 4.0. Mas não se preocupe, com alguns passos simples você rapidamente alcançará seus objetivos.

  • Interaja com seu público

Realizar o envolvimento do cliente com as redes sociais da marca de maneira efetiva faz com que ele se sinta parte importante da marca. Um bom engajamento ajuda a garantir bons resultados.

  • Esteja presente

Quem é visto é lembrado, não é mesmo? Estar diariamente onde seu público possa te ver e saber um pouco mais sobre você é crucial para o estabelecimento de uma relação entre as duas partes.

  • Tenha um atendimento diferenciado

O atendimento é um dos principais passos para a fidelização de um cliente. Assim, um atendimento que procure atender as necessidades do cliente, tanto pré quanto pós venda é a chance perfeita para conseguir estreitar as relações.

Como criar oportunidades nesse novo cenário

Buscar compreender e suprir as necessidades do consumidor através do seu produto é imprescindível para que você possa obter sucesso nesse novo cenário.

Podemos concluir, portanto, que investir em uma abordagem mais social, inclusiva, individual e que preze principalmente pela qualidade do produto, assim como pela satisfação do cliente são essenciais para a criação de novas oportunidades.

Inscreva-se em nosso blog

Receba primeiro nossos principais posts diretamente em seu email

Você também pode se interessar:

Fechar Menu