fbpx
9 passos para aumentar as vendas da sua loja virtual

9 passos para aumentar as vendas da sua loja virtual

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Giuliane Godoi
Giuliane Godoi

9 passos para aumentar as vendas da sua loja virtual

Abrir uma loja virtual não é o mais complicado, já que existem diversas soluções disponíveis que podemos facilmente encontrar na web. O grande desafio ao abrir uma loja virtual é fazer com que as vendas aconteçam para o negócio crescer de forma saudável.

Por que ter uma loja virtual?

Antes de tudo, vamos falar um pouco sobre a importância de estar na internet hoje em dia. Só assim você conseguirá entender qual o seu propósito no ambiente online, já que o mais importante não é apenas estar nesse ambiente e sim ter consciência do que você irá fazer nele e o porquê. 

Hoje, com a correria do dia a dia, muitas pessoas acabam não tendo tempo de se deslocar até as lojas físicas e comparar preços de forma presencial. A saída que encontraram foi fazer buscas pela internet. E após fazerem as buscas e  pesquisarem preços pela internet, algumas optam em ir ao local para fechar a compra, enquanto outras ainda optam já por realizar a compra online mesmo. 

Em relação a uma loja física, a  loja virtual tem muito mais benefícios, já que em apenas um clique você conseguirá atingir consumidores de todo o mundo, o que com uma loja tradicional – física, isso se torna impossível.

Além disso, os gastos que você terá com uma loja virtual será bem menor, já que você não terá que pagar aluguel, água, luz, móveis, limpeza, entre muitos outros gastos que só uma loja física tem. Se comparado com o gasto que você terá com servidor que será necessário para a sua loja virtual, o gasto é muito menor. 

Mas não se desespere caso você possua também uma loja física, a sua loja virtual só virá para agregar.  

Por isso, você precisa estruturar bem o seu e-commerce, para que o mesmo obtenha sucesso em um mercado que cresce a cada dia. Pode parecer complicado, mas siga as nossas dicas que já será um grande caminho percorrido. Vamos lá?

1. Entenda o seu público-alvo

Você sabe do que o seu público gosta? Ou melhor ainda, do que ele realmente precisa? 

Essas e muitas outras perguntas devem ser feitas e principalmente, respondidas, para você saber o que influencia ou não sobre a taxa de conversão do seu e-commerce.

Entender o perfil, comportamento e a dor de quem compra o seu produto é o primeiro passo para a sua empresa obter o sucesso tão desejado. Se a sua empresa conhecer de fato o seu público, será fácil criar uma identificação com ele, além de atrair pessoas que possuem o mesmo perfil, aumentando as vendas consequentemente. 

Para isso, tire um tempo para conversar com o seu cliente, quer seja pessoalmente ou por telefone, email, enquetes nas redes sociais, o que for. Mas tire um tempo para conhecê-lo melhor e mergulhar de cabeça nas ideias, críticas e sugestões que receberá dele.

Fique atento aos problemas que seus clientes têm em comum, as dúvidas frequentes, tudo que poderá influenciar no seu processo de venda. 

Só depois de feito isso, será a hora de colocar os projetos em ação, como as campanhas de marketing, planejamento de social media, produção de conteúdo, lançamento de novos produtos, canais de atendimento e tudo mais que for relevante para você no momento. 

CITAR O ARTIGO – https://www.agenciamaisideias.com.br/blog/persona-e-publico-alvo/

2. Preste um bom atendimento online 

Oferecer um atendimento online rápido, eficaz e de qualidade é essencial para aumentar as suas vendas. 

Seja pelo chat online integrado no seu site, redes sociais ou aplicativos de mensagem, o que não falta são meios para prestar esse atendimento. Mas, o que importa mesmo para que o suporte seja bem-sucedido é o modo como essas ferramentas vão ser usadas por você e pela equipe responsável.

Você e a sua equipe precisam ser capazes de responder as dúvidas desse consumidor e convencê-lo de que ele encontrará tudo o que precisa com segurança e comodidade. Além disso, é preciso que sua equipe fique atenta aonde esse consumidor se encontra. Por exemplo: se ele sempre entra em contato pelo Facebook, reforce o pessoal do social media para responder por lá mais rápido. Ou se ele prefere o Whatsapp para entrar em contato com você, crie uma escala de horário para os vendedores ficarem atentos às mensagens por lá. E por aí vai. 

Se algo na sua comunicação com o consumidor falhar, o risco dele ficar insatisfeito e correr para o concorrente é enorme. Por isso, empenhe-se a prestar um bom atendimento e lembre-se: não basta ter um atendimento rápido e não resolver o problema do seu cliente, nem apresentar boas soluções com uma comunicação impessoal.

3. Utilize selos de segurança na sua loja virtual

Muitos e-commerces não dão a devida importância aos selos de segurança, e alguns mesmo dando importância acabam não deixando isso tão claro quanto o consumidor espera e assim acabam desistindo na hora de finalizar a transação.

Você terá de escolher uma empresa competente para realizar esse tipo de serviço. Além do mais, há alguns selos que convertem melhores do que outros, por isso pesquise quais são os mais reconhecidos pelo público, que passam mais segurança a eles na hora de finalizar uma compra. 

Assim que decidir pelos selos, garanta que eles estejam sempre evidentes em locais de fácil visualização pelos compradores, como o rodapé do site e também perto do fim do processo do checkout, pois é nesse momento que os compradores precisam sentir segurança para realizar a compra. 

4. Construa boas landing pages

Não basta criar uma boa landing page sem ter Call to Action que convertam. Caso você não saiba, CTA (do inglês Call to Action) é um link textual ou visual que faz o visitante realizar a ação que você deseja, no caso comprar. 

Ele precisa ser chamativo, objetivo e com senso de urgência. 

Além disso, todas as informações importantes devem estar “above the fold”, isto é, visualizadas assim que se abre a página.  

5. Capriche no SEO da sua loja virtual 

Não tem como aumentar as vendas da sua loja virtual sem uma estratégia consistente de SEO que coloque seu site pelo menos na primeira ou segunda página de busca do Google.

SEO é um conjunto de técnicas que faz com que sua página apareça no topo das buscas orgânicas no Google. É uma estratégia que trará resultados a médio e longo prazo e mesmo que seja interessante contratar um profissional especializado para isso, é importante que você saiba o que é o SEO e tenha noções básicas dessas técnicas para poder a cada dia melhorar o seu e-commerce.

6. Invista em Mídia paga

Pode parecer meio desanimador esperar os resultados do investimento em SEO, já que são resultados de médio a longo prazo. Uma outra alternativa para sua loja virtual aparecer na primeira página do buscador é investir em mídias pagas

Você pode usar o Google AdWords, a plataforma de anúncio do Google, e investir de uma maneira controlada para conseguir atingir o seu objetivo. O resultado dessa ação é de curto prazo e você pode cortar o investimento quando sua página já estiver bem visível.

7. Esteja presente nas redes sociais

Hoje quase todo mundo está presente nas redes sociais, por isso você também precisa estar. Facebook, Instagram, Twitter.. todas são ferramentas que vão te ajudar a atrair mais clientes para o seu e-commerce. 

Como já dissemos anteriormente, você precisa primeiro de tudo conhecer o seu público, pois só assim você vai conseguir identificá-lo na rede que ele se encontra. 

Depois disso coloque a mão na massa! Crie um perfil da sua loja, atualize sempre a sua página com conteúdos relevantes e interessantes, coloque fotos de qualidade dos seus produtos, entre em grupos relacionados ao seu mercado e fique atento ao que as pessoas estão postando, comentando e buscando.

8. Se preocupe com o tempo de carregamento das páginas da sua loja virtual

Não tem nada mais desanimador que entrar em um site e ele demorar horas para carregar, não é mesmo? Por isso, fique de olho no tempo que a sua página demora para carregar. É possível verificar a performance da sua página com uma ferramenta do próprio Google chamada PageSpeed Insights que além disso indica os pontos que podem ser melhorados no site. Faça com que a experiência do usuário no seu site seja positiva, senão ele pode acabar caindo na concorrência. 

9. Tenha uma loja virtual responsiva

Muitos acabam esquecendo que a maioria dos usuários acabam fazendo suas pesquisas pelos dispositivos móveis. Por isso, preocupe-se também em ter um site responsivo também para dispositivos móveis. Além de dar mais possibilidades para os usuários é outro fator de rankeamento para o Google.

Seguindo essas dicas, você fará com que sua marca seja mais conhecida e consequentemente, suas vendas irão aumentar.

É mais fácil do que você imaginava, não é mesmo? Mas caso, mesmo com todas as nossas dicas você ainda sinta a necessidade de ter uma empresa cuidando de todos os detalhes para você, nós prestamos essa assessoria. Para falar com nossos especialistas em lojas virtuais, é só clicar aqui!

Solicite um Diagnóstico Gratuito

Inscreva-se em nosso blog

Receba primeiro nossos principais posts diretamente em seu email

Você também pode se interessar:

Fechar Menu